Pular para o conteúdo

Arte de Presente

Materia publicada na Tribuna de Minas, nos dia 10-11 de dezembro de 2006.

Janaina Nunes
Repórter

A proposta nasceu há quatro anos, a partir de uma idéia da equipe do Caderno Dois de levar um pouco de arte a instituições de assistencialismo social da cidade como presente de Natal. Então, desde 2002, nessa época do ano, artistas que tiveram destaque em diversas áreas culturais durante o ano são convidados para uma espécie de amigo-oculto, em que cada um tira uma instituição para visitar, conhecer e mostrar um pouco do que sabe fazer de melhor.

Neste ano, os convidados para participar do projeto foram o grupo de teatro Pingos de Contos – Os Contadores de Histórias, a dupla sertaneja Gean & Roger, o diretor de animação Alessandro Driê, a professora de dança Silvana Marques e a diretora-presidente do Pró-Música, Maria Isabel de Souza Santos. Eles estiveram na redação do jornal na última sexta-feira para acertar os detalhes das visitas e se mostraram muito felizes com a oportunidade de fazer algo mais em prol da solidariedade, incrementando com um pouco de arte o Natal das pessoas assistidas pelas instituições.

Vencedor de alguns prêmios em festivais de artes cênicas dentro e fora da cidade, o grupo Pingos de Contos vai apresentar esquetes e músicas folclóricas para as crianças da Creche Cooperativa Carlos de Moraes, situada no bairro Furtado de Menezes.

Já a dupla Gean & Roger, que está em fase de gravação de seu primeiro DVD, pretende colocar os idosos assistidos pela Pousada Vida Nova para bater cantar e dançar, com uma amostra do repertório sertanejo que embala o grande público de seus shows.

No Lar Fabiano de Cristo, entidade que oferece atividades extra-classe para crianças e adolescentes do Bairro Santa Efigênia e adjacências, o diretor de animação Alessandro Driê vai apresentar seu curta premiado “Poliedro – o resgate”, que vem sendo exibido mensalmente no Quintal Cultural do Museu de Arte Moderna Murilo Mendes e esteve presente em vários festivais.

A professora de dança Silvana Marques, que este ano abriu um espaço de dança em um prédio tombado como Patrimônio Histórico Municipal, o Estação Cultural, vai levar alguns casais para mostrar números de dança de salão – e quem sabe até ensinar alguns passos – para os atendidos pelo Hospital Ana Nery.

E o Pró-Música, convidado por seu destaque como instituição musical da cidade que este ano esteve entre os melhores projetos culturais eleitos pelo Prêmio Mercocidades de Cultura, será representado pelo Quarteto Jovem. O grupo foi indicado para representar o Pró-Música na visita que será feita ao Centro de Acolhimento à Infância e à Adolescência (CAIA).

As apresentações acontecem ao longo desta e da próxima semana, e o resultado dos trabalhos será divulgado no domingo, dia 24.

Fonte: Tribuna de Minas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.